13 August 2007

540 euros ou pena de prisão de 40 dias

Aqui está uma das questões à qual tipicamente se responde: "Meritíssima Juíza, leve-me os brincos, os anéis, os dedos.. mas prisão, não!". Contudo, a verdade é que a Meritíssima Juíza nem me deixou responder, hoje, a esta mesma questão (isto já nem liberdade existe neste País).
"Uma pessoa, da instrução e com a vida como a de Dª Nunette, concerteza que nunca colocaria a 2ª opção", prontamente acrescentou.

Porcaaaaa!!! Ela não me deixou ser a Paris Portuguesa, a dos Hilton, ela não me deixou!!! Era a cereja em cima do bolo, aquilo porque sempre ambicionei. Eu, mediática, em tudo o que é meio de comunicação social.

Saí, do Tribunal, resignada, claro está. Foi este o fim, após 15 minutos, em pé, cheia de joanetes, em frente a uma Magistrada do Minitério Público, à tal Meritíssima (no olho!) e com o apoio imprescendível de uma advogada de defesa estagiária, nomeada para o efeito e que até me confessou "É a minha primeira vez neste tipo de casos" (tadita..). Claro está que levou logo com uma "Há sempre uma primeira vez..."

A vós apenas vos digo mais uma coisa, minha ricas amigas.. nas poucas linhas anteriores, é como eu me vou querer lembrar de todo o episódio que está por trás deste desfecho trágico: Nunette, alcoolizada, com 1.49, foi apanhada às 2:56 da passada sexta-fgeira numa operação STOP, no largo do Cais do Sodré.
Notificada foi para ir a julgamento, arguida por um crime com pena de prisão até 1 ano ou 120 dias de multa de prisão.. com possibilidade de pena acessória de impossibilidade de conduzir. E assim foi: prisão nem pensar que eu tenho "instrução" e (boa) "vida". Levei com a multa e com 3 meses sem carta.

Ah ganda Nunette, à frente!

2 comments:

Arturette said...

Só um comentário: PODEROSA!!!!!!

Tânia by Cyprus said...

Não sabia que estavas tão activa... no blog! Foi a Dona Iana que me alertou.

Ainda bem que já te recompuseste! Tds os "jovens" passam sempre por esta experiencia do agarranço com o alcool. Mas no meu tempo, passam mesmo a noite na esquadra. Era uma galhofa! Apesar de nunca ter sido "agarrada", fiz companhia a vários "agarrados".
Isso passa...

Beijão Tia!

P.S-Gostei de a ver. Continua igual.
Fui!