20 January 2010

(Não) Quero, Posso e (Não) Mando

Em Portugal, no dia 8 de Janeiro de 2010, foi aprovado por maioria, na Assembleia da República, o casamento entre casais homossexuais, igualzinho ao das outras pessoas. Provávelmente, já estarão todas (e todos) cientes deste facto. Sendo este blog um Cantinho temático, parece-me imprescindível assinalar este marco. Dizer-nos muito, pouco ou nada, querermos ou não casar, são opções, aqui sim, aplica-se o termo, que apenas a cada um de nós dizem respeito. Mas podemos dizer que sim, que não, que vamos pensar, que queremos a separação de bens e, por fim, até, que queremos o divórcio. Mas garanto-vos, no vídeo abaixo, o discurso do Miguel Vale de Almeida, do mesmo dia 8 de Janeiro de 2010, dos 3:30m aos 6:00m, dir-vos-à, com certeza, alguma coisa.

1 comment:

Nunette said...

Acho o discurso dele muito denso, com demasiada informacao dificil de digerir e assimilar.
Já tinha saudades dos posts da minha pipette though :-)