11 March 2010

Há dias assim

Amigas

Todas vocês sabiam do meu apoio incondicional à Catarina Pereira. A pequerrucha ficou em 2º lugar e contente da vida. Há-de ser o hino de Verão por essas festas e arraiais do nosso Portugal.

Agora só temos de apoiar a Filipa Azevedo e desejar o melhor a Portugal em Oslo-Noruega.

Só mais um comentário: escutem/leiam a letra...

Há dias assim
que nos deixam sós
a alma vazia
a mágoa na voz

Gastamos as mãos
tanto as apertamos
já não há palavrras
foi de tanto as calarmos

Há uma canção
que não te cantei
versos por rimar
poemas que nunca inventei
quem nos pôs assim
a vida rasgada
quem te me levou roubou-me a alma
mas de ti, não sabe nada

Há dias assim
não há que esconder
recear palavras
amar ou sofrer
ocultar sentidos
fingir que não há
há dias perdidos entre cá e lá

Há uma canção
que não te cantei
versos por rimar
poemas que nunca inventei
quem nos pôs assim
a vida rasgada
quem te me levou roubou-me a alma
mas de ti... não sabe nada

Sei que um dia saberás
que a vida é uma só
não volta atrás

Quem nos pôs assim
a vida rasgada
quem te me levou roubou-me a alma
mas de ti, não sabe nada.



E o pormenor da mão no final...Adoro!!!

Beijinho Bom!!!

3 comments:

Luizinha said...

Kredo melher!!!!!!!!!!
Queres dar cabo de mim???????

Nunette said...

Bichooooonnnnaaaaaaa. Ia colapsando com a penultima frase.

Pipette said...

É muito pirosa e nem nos anos 80 isto tinha vingado na Eurovisão. Eles lá sabem...A nossa Catarina Bombada que perdeu, tá mal!