24 August 2008

Top 5 Itália

Caríssimas e saudosas amigas,
Regressada no voo das 21 horas e de banhoca já tomada, não resisto a partilhar convosco 5 episódios marcantes da viagem magnífica a Itália que tive o privilégio de gozar com a nossa (mais minha do que vossa) Pipette:

1 - Roma chegámos!
Pipette entra de mochila às costas no hall do nosso hotel "cool" e gay friendly de Roma. Vejo Pipette muito entusiasmada a olhar para a decoração estudada ao pormenor em-jeito-de-primeiro-andar-do-lux. Vejo Pipette a virar-se bruscamente para mim de sorriso rasgado. Vejo a mochila monumental de Pipette a embater ferozmente num jarrão de metro e meio. Vejo Pipette muito atrapalhada a tentar apanhar o jarrão e a sussurar que já destruiu o hotel. Vejo o empregado amaricado da recepção do hotel a correr para Pipette e para o jarrão. Vejo o mesmo empregado com um sorriso amarelo a balbuciar "it's o.k, it's o.k.".

2 - Sightseeing tours
É impressionante o que o pessoal turista faz para tirar fotos nos autocarros de caixa aberta que percorrem os principais focos turísticos das cidades europeias. Em Florença e em Roma era vê-los a levantarem-se, a debruçarem-se e a esgueirarem-se de máquinas em riste aos clicks frenéticos. A cena que mais me fascinou passou-se novamente em Roma com um casal americano que veio visitar o velho continente. O autocarro dá uma curva e avistamos o imponente Coliseu! O senhor americano deixou escapar um "UAU" texano. Por seu turno, a respectiva esposa deve ter ficado confusa com a agitação que se vivia no autocarro e virou-se para o lado oposto do monumento milenar e desatou a tirar fotografias às esplanadas, aos transeuntes e às roulottes de vendas.

3 - Amiga indiana
Fomos a Pisa e conhecemos uma indiana de meia idade à saída da estação de comboios que andava a viajar pela Europa há 3 meses. Esta nossa nova amiga, personagem muito engraçada parecida com aquele indiano dos simpsons que tem uma loja de conveniência, falava pelos cotovelos num inglês macarrónico e relatou-nos a sua viagem como se estivesse nos jogos sem fronteiras ("já despachei Londres! já despachei Paris! Fui ao Benelux! Está visto! Já despachei Roma! Está feito! Já despachei Dublin! Missão cumprida! etc."). Eis senão quando nos deparamos com a Torre de Pisa! Pois é... A nossa nova amiga era uma versão "hard" dos maluquinhos das fotos... A mulher desatou num disparate que eu nem consigo descrever. Atirou a máquina para cima da Pipette e só gritava "FOTO! FOTO! FOTO!". A Pipette, coitada, lá se esforçava, mas a mulher dizia que as fotos não estavam bem e que a Pipette tinha de ir para a sombra. E a desgraçada da Pipette lá ia para a sombra tirar fotografias à indiana. O pior foi quando esta nossa nova amiga, indignada pela nossa indiferença pela Kodak, nos arrancou a máquina e desatou aos flashes, ordenando-nos que fizessemos poses e berrando selvaticamente em frente à torre: "you take mine, i take yours!!!!"

4 - Esplanada afrodisíaca
Estavam 40 graus e eu e Pipette decidimos abancar numa esplanada muito acolhedora a beber um vinho branco fresquinho. Atendeu-nos um rapaz muito simpático e dinâmico que não demorou a meter conversa e a perguntar a nossa nacionalidade. Quando percebeu que éramos Tugas, o rapaz ficou muito excitado e desatou a falar português. Lembro-me que repetia expressões soltas como "Avenida da Liberdade!", "Baixa-Chiado!" ou "Música Fado!". Disse-nos que tinha trabalhado na Expo 98 e que era amigo do Luís Represas, o cantor, e do Paulo Vieira, o cabeleireiro. Quanto a este último passo a citar o seu comentário: "Paulo Vieira, cabelos, muito caro... e é homossexual!". Acabou por nos oferecer um refresco frutado que ele conotou de "pouco alcoólico" e "bom para fazer amor". Abalada com esta última frase, perguntei-lhe se aquilo era afrodisiaco, ao que ele me respondeu "siiiiim, bom para o amor mais logo, à noite".

5 - Vaticano ("It's Prada, bitch!")
Eu e Pipette estivemos no Vaticano... Sem mais comentários...

2 comments:

Arturette said...

Amiga

Adorei os relatos e os episódios caricatos dessa vossa viagem pela Bella Itália.

Devo dizer que muitas das coisas também eu já vivenciei: calor abrasador, fotos e mais fotos, bichas e mais bichas, Pisa e as fotos a segurar a maldita Torre...

Ficam os momentos maravilhosos partilhados ou a sós...as pizzas e os gelados...e nunca fechem as malas!!!!

Beijinho Bom!!!

António said...

LOL

A parte que eu gostei mais foi da Pippette a tentar destruir o quarto de hotel mal chegou!

Estrela que é estrela não passar por um hotel sem partir qualquer coisa.